CDL Lucas orienta associados sobre a importância de manter-se protegido contra ameaças virtuais

CDL Lucas do Rio Verde

O antivírus é o principal recurso de proteção contra as ameaças virtuais.

publicado em: 01/11/2019

COMUNICADO URGENTE

A CDL de Lucas do Rio Verde vem por meio desta, informar aos associados e parceiros que o e-mail titulado “REF. ATUALZAR/ SOLICITAR DADOS 31/10/2019” não foi enviado pela entidade, desta forma não orientamos sua abertura. Todo e-mail solicitando ou informando algum tipo de documentação será previamente orientada por um de nossos consultores.

O antivírus é o principal recurso de proteção contra as ameaças virtuais.

Como evitar vírus nos computadores da empresa é uma necessidade cada vez maior, afinal, ataques online são capazes de comprometer desde um único notebook até softwares, base de dados e sistemas empresariais inteiros, prejudicando atividades rotineiras ou mesmo trabalhos anuais de extrema importância.

Desta forma a CDL Lucas compartilha 5 dicas indispensáveis para ajudar a evitar vírus nos computadores da empresa.

1- Invista no antivírus
Por mais óbvio que possa parecer, investir em um antivírus adequado para os trabalhos e amplitude da empresa faz toda a diferença! Muitas pessoas ainda pecam nessa questão, deixando para instalar o antivírus no equipamento somente após dias ou mesmo semanas de uso.

O antivírus pode ajudar a detectar ameaças logo na tentativa de invasão, ou seja, no “meio do caminho”, evitando que a ameaça virtual seja instaladas em notebooks, computadores de mesa ou mesmo smartphones.

Além disso, vale lembrar que a atualização do antivírus deve ser prioridade. Ameaças como o Ransomware (vírus que criptografa dados do equipamento e pede bitcoins em troca dos arquivos), aproveitam de antivírus desatualizados para invadir o sistema e alterar as configurações do equipamento.

2- Cuide dos acessos e informações duvidosas
Você sabia que no próprio Firefox há como definir uma senha específica para liberar outras senhas de contas que já acessadas no navegador?

E que essa definição pode ser feita por vírus a qualquer momento?

Limitar acessos dos funcionários em sites específicos, bloquear páginas e anúncios não é capricho, mas necessidade!

Há muitos links, anexos, documentos ou mesmo cliques em páginas suspeitas que são fontes de vírus, portanto, ao escolher o tipo de proteção para os computadores dos profissionais, devem ser consideradas tais possibilidades.

Se não houver necessidade de tanta restrição, uma opção é instalar sistemas de verificação de sites, responsáveis por avisar o funcionário se ele está entrando em endereços seguros ou que apresentam possíveis riscos.

3- Realize backups
Seguindo a frase popular “prevenir é melhor do que remediar”, realizar backups recorrentes pode ajudar a proteger informações da empresa, evitando alguns problemas caso haja captura de dados por vírus, como:

•             Necessidade de pagar para retomar as informações;

•             Altos investimentos para retrabalho na captação de dados de campanhas externas ou atividades internas;

•             Falta de material para futuras ações estratégicas ou mesmo consultas periódicas;

•             Falta de informações concretas para apresentar aos clientes em potencial ou já fidelizados.

O backup deve ser realizado periodicamente de acordo com o fluxo de atividades da empresa, cabendo aos gestores e responsáveis pelo setor de TI definir as datas.

Além disso, o backup com intuito de evitar vírus pode ser realizado em itens externos como HDs e SSDs, outros servidores ou backup na nuvem, sendo esta última opção muito recomendada para empresas que buscam qualidade, eficiência, espaço e praticidade no armazenamento.

4- Atente-se às novas ameaças
Se os tipos de vírus são conhecidos, é mais fácil entender as possibilidades de infecção e formas de proteger os equipamentos. Para isso, basta manter-se informado sobre os atuais ataques, novas ameaças e inovações que estão sendo testadas para combater os problemas.

A equipe de TI muitas vezes está mais atualizada sobre essas questões, portanto é essencial alinhar as informações com todos da empresa e considerar recomendações do setor.

Outra possibilidade é contar com serviços de consultoria em TI, oferecidos por empresas especializadas que podem mostrar as melhores possibilidades sobre como evitar vírus nos computadores da empresa.

5- Alinhe e treine colaboradores
Uma última dica é explicar e treinar os colaboradores sobre as formas de proteção necessárias, ajudando a aumentar o cuidado para acesso de informações, navegação online, abertura de e-mails e uma série de atenções diárias que devem ser seguidas por todos os profissionais.

Para isso, é possível apresentar desde informações básicas sobre níveis de segurança de senha e perigos do spam até módulos mais avançados que tratam dos tipos de ameaças e formas de identificá-las no equipamento.

Uma opção é realizar treinamentos semestrais para manter os colaboradores sempre atualizados, ampliar seus conhecimentos sobre evitar vírus e ajudar na segurança tanto de equipamentos empresariais quanto pessoais, vantagem para a instituição e para o próprio profissional.

Por: Simples Solução

Você pode se interessar por

CDL Lucas do Rio Verde

OAB/LRV sedia nesta terça-feira bate...

Acontece nesta terça-feira (03), a partir das...
26/09/2019

CDL e parceiros lançam promoção...

A Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de...
26/09/2019

Oscar do Varejo é promovido...

Inicia ainda esta semana, o levantamento de...
26/09/2019

Busca de soluções para conflitos...

A ideia de convidar acadêmicos, advogados, empresários...
26/09/2019
Área do Associado
WHATSAPP
(65) 3549-3787
ATENDIMENTO